Agora é pra valer!

Atleta em ação na prova de slalom gigante, neste ano (divulgação/CBDN)

A temporada sul-americana já começou no início de agosto, mas é nesta quinta-feira, dia 21, que os olhos brasileiros estarão totalmente voltados para os resorts chilenos e argentinos. Isso porque em Corralco, no Chile, acontece a 20ª edição do Campeonato Brasileiro de Snowboard.

A prova, que integra também o Campeonato Sul-americano da modalidade, contará com os principais riders do continente em suas primeiras disputas após os Jogos Olímpicos de Sochi. Atletas de sete países são aguardados, entre eles os brasileiros. Caras velhas e novas se unem para começarem mais um ciclo olímpico.

Os experientes Marcos Batista, cuja especialidade é slopestyle, e a campeoníssima Isabel Clark competirão lado a lado de Lucas Rezende, Isis Dassow, Nathali Oliani e Lucas Alves. Este último, aliás, fará sua estreia no circuito nacional após se destacar nos últimos dois anos nas provas amadoras. É uma das esperanças da CBDN no futuro.

"No feminino, Isabel compete para manter seu domínio continental, com quase duas dezenas de conquistas. Já no masculino, a expectativa está no jovem Lucas que, após vencer o Campeonato Aberto de 2014, vem para sua primeira prova internacional", comenta Pedro Cavazzoni, superintendente técnico da entidade, ao site oficial.

Serão oito provas de snowboardcross na quinta e sexta-feira, incluindo os quatro voltados para atletas masculinos e femininos do master. Entretanto, apenas as primeiras provas, no dia 21, serão contabilizadas para a competição nacional.

Apesar de acontecer no resort chileno, a organização do torneio é de total responsabilidade da confederação brasileiro, demonstrando uma expertise no assunto. Neste ano, eles fecharam uma parceria com a SMK - Sports Marketing para realizar o evento, integrante do TNT Nissan Freestyle Tour. A pista, desenhada por Ted Martin e Nick Roma (responsável pela pista de Sochi) foi construída com 19 obstáculos, incluindo um longo salto na chegada e um obstáculo chamado spine, elaborado justamente para essa prova.

Além do Brasileiro de Snowboardcross, nos dias 31 de agosto e 1º de setembro, a CBDN organiza o Nacional de Slopestyle em Antillanca, também no Chile. 


Primeiros resultados

Apesar das primeiras provas oficiais começarem nesta quinta-feira, o Brasileiro de Snowboard foi aberto na última terça, com as provas amadoras e a definição dos campeões do slalom gigante. Ao todo, 24 atletas participaram de oito categorias e doze medalhas foram distribuídas. No geral, o título ficou com Rogério "Lalau" Rodrigues, do Master B, responsável pelos dois melhores tempos do dia. 

"O nível estava ótimo. Foi muito bom ter visto os mais jovens chegando para a prova nesse nível. Com isso podemos ver o futuro de nossa próxima geração de riders e nos dá uma grande esperança para nosso projeto de longo prazo no Snowboard", comentou Iván Fuenzalida, treinador chefe do Brasil na modalidade. 

Confira os primeiros colocados de cada categoria:

Pré Mirim masculino
Zion Bethônico - 2min11seg86

Infantil masculino
1º  Noah Bethônico - 1min50seg65

Juvenil feminino
Luma Pucetti Maio -  2min22seg10

Master A feminino
Elisa Cristina Longo - 2min07seg95 

Master B feminino
Alexandra Paiva - 2min22seg89 

Paralímpico
André Cintra - 2min01seg03 

Master B masculino
Rogério Rodrigues - 1min42seg93
Luiz Fernando Abud - 1min48seg25
Renato Mascheretti Júnior - 1min49seg43 

Master A masculino
Alexandre Ariki - 1min43seg71
Pedro Mota - 1min45seg37
Rogério Barroquelo - 1min51seg73

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.