Mais uma derrota

Kátia Silva durante treino (Eiji Yoshimura)
É, realmente não deu. O Brasil fez sua terceira partida no Mundial feminino de hóquei inline da FIRS em Toulouse, na França. As meninas não conseguiram fazer frente às italianas e perderam por 11 a 0 na manhã desta quinta-feira. 

O jogo seguiu o mesmo roteiro da partida anterior, com a derrota de 15 a 0 para a Nova Zelândia. Giovanna Speranza, com três gols, foi a artilheira da partida. Fabiola Berardi fez mais dois. Denise Orifici, Eleonora Raia, Alice Beretta, Martina Gavazzi, Mara Faravelli e Virgini Avanzi completaram o placar.

Dessa forma, a seleção termina o Grupo C na terceira posição, com uma vitória e duas derrotas. A Nova Zelândia derrotou o México por 1 a 0 e ficou com a liderança. Itália confirmou a segunda posição.

Perder duas partidas de goleada não é algo muito animador, mas se o objetivo final não veio - a classificação entre os dois primeiros - o objetivo inicial foi conquistado: ao vencer as mulheres mexicanas (que possuem mais tradição no hóquei, como podemos ver com o rink oficial de gelo construído no país), a seleção brasileira mostrou que com um pouco de determinação e treinamento, é possível evoluir aos poucos. 

Até porque nesta sexta-feira o Brasil terá mais uma chance de buscar as primeiras posições. Às 10h50 no horário local (5h50 no horário de Brasília), joga contra a Letônia pela repescagem. Quem vencer, prossegue na competição; quem perder, irá ficar com as últimas colocações na classificação final. Sucesso às meninas nesta empreitada.

Um comentário:

  1. Gustavo,
    dia 8 o Brasil estréia no Masculino, contra a Rússia, correto? Como está a nossa seleção masculina? Tem chances de conquistar boas colocações?
    Grande abraço,
    Juliano Russi
    Blumenau/SC
    facebook.com/muitoalemdofutebol ou twitter.com/plantao_1260am

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.