Intensivão

Raphael, ao centro, com Marcelo e Aline: intensivo (Divulgação)

Ontem citei aqui que a Associação Brasileira de Curling queria começar a pré-temporada dos brasileiros na modalidade neste fim de semana, mas não havia dado mais detalhes. Pois bem, entre os dias 27 de junho e 1º de julho os atletas que moram no Canadá terão um intensivão de curling no período.

Primeiro, entre os dias 27 e 28,  Raphael Monticello, Daniel Mermelstein e André Torrico irão participar do Four Foot Curling Camps. São dois dias de treinos sob coordenação da técnica Elaine Dagg-Jackson, da sempre forte equipe feminina do Canadá.

O evento acontece em Kelowna e os inscritos (que precisaram arcar com todos os custos) terão aulas de desenvolvimento de jogo e estratégias, além de um mini-jogo para testarem na prática. Os três são os primeiros representantes do país em um treinamento deste tipo. 

A curiosidade é que Valentina Juricic, skip eslovena e que derrotou Marcelo Mello e Aline Gonçalves no Mundial de Duplas Mistas, também estará presente com sua vice-skip. "Se tivermos tempo, vamos tentar uma revanche amistosa", brincou Raphael.

Acabando o camp, os brasileiros continuarão em Kelowna e participarão do Canada Day Spiel, um torneio de curling aberto no verão. O Brasil estará presente com uma equipe masculina (quatro atletas) e também com uma dupla. [Atualizando: na verdade, é uma equipe mista, e não uma dupla]

O objetivo dessas atividades é manter os nossos representantes em ritmo de competição. A falta de jogos no calendário internacional é um obstáculo que precisa ser superado caso o esporte queira evoluir por aqui. É preciso disputar partidas contra várias seleções de alto nível para aprender na prática.

Estar perto da elite em treinos e bastidores é mais um pequeno, mas importante passo. Não tenho dúvidas de que nas próximas semanas o curling conseguirá avançar mais no país.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.