C'est fini

Chiara Marano durante prova (Divulgação)

Fim de temporada para os atletas brasileiros de neve. Neste sábado aconteceram as últimas duas provas da equipe de esqui alpino e agora a CBDN pode focar unicamente na preparação do próximo ciclo olímpico nos próximos meses. Como vimos aqui, a meta é ousada: fazer a nação ficar competitiva em 2026! 

Mas enquanto esse dia não chega, os brasileiros seguem aprendendo e ganhando quilometragem. Chiara Marano competiu na prova de slalom gigante em Prato Nevoso, na Itália, e conseguiu um excelente resultado: a 20ª posição dentre as 45 competidoras que terminaram as duas descidas. Ela teve o tempo de 2min13seg96 e 87.57 pontos FIS, sua terceira melhor marca pessoal. A vencedora foi Alessia Alario, da Itália, com 2min05seg42.

Mesmo assim ela sente que poderia ter conseguido uma atuação melhor. "Hoje fiz a última competição da temporada. Fui muito bem na primeira manga, mas na segunda quase caí e tive que frear muito. Uma pena, mas estou completamente feliz pela temporada, que foi de mudanças. Estou com outro treinador, preparador físico, grupo e base de treino, em Bormio", escreveu a atleta para o Brasil Zero Grau. 

A temporada foi totalmente positiva para Chiara. Ela brigou até o último minuto pela vaga olímpica com Maya Harrisson, uma atleta bem mais experiente do que ela. Conquistou excelentes resultados, ganhou experiência internacional com a Universíade e firmou seu nome como uma das competidoras mais regulares da América do Sul. Tenho certeza que no próximo ciclo olímpico ela estará na briga por uma vaga. 

Master

Stefano Arnhold também voltou a competir no calendário master neste fim de semana. Por conta da preparação olímpica (atuou como chefe da missão da delegação brasileira) ele não conseguiu competir na maioria do calendário internacional.

Mas teve também de participar da última etapa, em Abetone, na Itália. Na prova de slalom, realizado na sexta-feira, Stefano ficou na 37ª posição na classificação geral, com 2min07seg73 e 146.78 pontos FIS. Ao todo, 72 atletas completaram a prova e o vencedor foi o austríaco Hans Kaufman. Na sua faixa etária (55-59 anos), o brasileiro ficou na 11ª posição. 

No sábado, Stefano competiu no slalom gigante e ficou na 47ª posição dentre os 90 que completaram a classificação geral. Ele teve o tempo de 1min14seg29 e 158.33 pontos FIS. O vencedor geral foi o austríaco Hans Peter Pletzer, com 1min03seg07. Na faixa etária ele ficou na 19ª posição. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.