Reta final

Maya Harrisson em Sochi (AFP/Getty Images)

A temporada está chegando ao fim e os atletas brasileiros realizam suas últimas provas no hemisfério norte. Os objetivos maiores foram cumpridos e agora os brasileiros buscam melhorar suas marcas e manter um bom nível nas suas modalidades. 

É o que fez a esquiadora Maya Harrisson. Depois de competir em Oberjoch, na Alemanha, neste último fim de semana, a jovem de 21 anos esteve presente em Falcade, na Itália, para disputas de slalom gigante e slalom numa prova júnior FIS.

A primeira delas foi o slalom, disputado na terça-feira, e na qual Maya não teve tanta sorte. Não conseguiu completar a primeira descida e ficou de fora da classificação final. A vencedora foi a italiana Federica Sosio, com 1min51seg18. 

No dia seguinte, ela conseguiu obter um desempenho. Ficou na 70ª posição, com o tempo combinado de 2min14seg66 e ótimos 96.20 pontos FIS (acima do que ela já conseguiu, mas abaixo da barreira simbólica dos 100 pontos). Ao todo, 79 atletas terminaram a prova e a vencedora foi a italiana Anika Angriman, com 2min03seg01. 

Maya ainda competirá em mais duas provas neste fim de semana, também na Itália, antes de ter as merecidas férias. Quem também volta a competir no período é Chiara Marano, que fará quatro provas na França antes de encerrar a temporada. 

PS: está rolando o Mundial de Curling feminino, mas o Brasil Zero Grau não encontrou tempo para assistir algumas partidas. Prometo que assim que conseguir ter uma folga na agenda, comentarei mais desse esporte fascinante.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.