Novos Ares

Nada como sentir o carinho dos fãs para dar uma mexida na carreira. Luiz Manella estava desanimado, pensando em encerrar a curta carreira na patinação artística, mas mudou de ideia e agora pensa até em desbravar uma categoria ainda não explorada pelo Brasil: o jovem começa a treinar nos pares. 

Isso mesmo. Após voltar aos treinos algumas semanas atrás, o brasileiro iniciou seus treinamentos nesta nova categoria apenas nesta semana. Ele é treinado por John Zimmerman, ex-atleta norte-americano em pares, tricampeão do país e medalha de bronze no Mundial de 2002 com Kyoko Ina. 

Tudo ainda é novidade para Luiz, mas de acordo com Valeria, a mãe dele, já está aprendendo com facilidade. A dupla, claro, ainda não foi definida - até porque para competir internacionalmente pelo Brasil precisa que alguma brasileira comece a competir também. O objetivo, porém, é que até o fim do ano ele participe de algum torneio internacional no nível júnior. Se ele conseguir, irá migrar de categoria em apenas nove meses. 

Aqui concordo com a opinião de Márcio Pereira, diretor de patinação da CBDG: é uma decisão bastante corajosa. Para quem não conhece a trajetória de Luiz Manella, saiba que ele não se classificou para Sochi por apenas um ponto, após barbarizar e ficar na quarta posição do programa longo no Troféu Nebelhorn. Pensou em desistir da carreira, mas em vez disso resolveu dar um giro de 180 graus. Que ele tenha sucesso e, principalmente, seja feliz. 

Veja abaixo um vídeo do treino de Luiz Manella na nova categoria (vídeo postado na página do Facebook do atleta):

   
 

Mundial de Patinação

Ontem começou o Mundial de Patinação Artística em Saitama, no Japão. Tivemos o programa curto dos pares e do individual masculino e nenhuma surpresa até o momento (pelo menos no masculino). 

Entre os homens, a liderança provisória é do japonês Tatsuki Machida, com 98.21 pontos (52.82 nos elementos técnicos e 45.39 na composição do programa). Ele é seguido de perto pelo espanhol Javier Hernandez, com 96.42 pontos. Campeão olímpico em Sochi, Yuzuru Hanyu é o terceiro com 91.24 pontos. 

Nas duplas a liderança é dos alemães Aliona Savchenko e Robin Szolkowy, com 79.02 pontos. A segunda colocação é dos canadenses Meagan Duhamel e Eric Radford, com 77.01 pontos. A terceira posição é dos russos Ksenia Stolbova e Fedor Klimov. 

Nesta quinta-feira teremos a definição das medalhas na disputa dos pares e o programa curto feminino, com destaque para Mao Asada.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.