Mais resultados

O fim de semana foi agitado para os atletas brasileiros. A equipe de esqui alpino disputou provas nos EUA e na Europa e viu os atletas conquistarem bons resultados individuais. Destaque para jovens promessas do país. 

Clara Macedo, a irmã mais nova de Tobias e Michel, competiu em duas provas do Campeonato Sub-14 Buddy Werner, no estado de Washington. O slalom gigante, a primeira delas, a brasileira não teve tanta sorte: não completou a primeira descida e ficou de fora da classificação final. A vencedora foi Addison Beasley, com 1min55seg68.

Na segunda, porém, Clara manteve a alta performance da família nas montanhas norte-americanas. No slalom ela ficou na excelente oitava posição, com o tempo combinado de 2min01seg28. A atleta se recuperou, pois no fim da primeira descida era apenas a 20ª posição. A vencedora foi Katie Holm, com 1min51seg69. 

Enquanto a jovem promessa competia nos EUA, a equipe adulta participava de corridas na Europa. O destaque fica por conta de Chiara Marano. A atleta participou de três competições incomuns em Krvavec, na Eslovênia.

Chiara em momento de descontração (Reprodução)
Incomum porque não faz parte da rotina do esqui alpino brasileiro. A brasileira fez duas provas de Super G e outra de super combinado (que envolve o downhill e o slalom especial). Justamente nessa prova ela não completou a segunda descida e ficou de fora da classificação final. A vencedora foi a croata Sofija Novoselic, com 1min41seg42. 

Depois, na primeira disputa do Super G, Chiara ficou na 36ª e última posição, com 1min02seg91 e 184.39 pontos FIS - a vitória ficou com a eslovena Eli Plut, que fez 55seg03. Em seguida, porém, a atleta melhorou muito: foi a 36ª dentre 38 atletas com o tempo de 1min01seg49 e 141.33 pontos FIS, a melhor marca da carreira na categoria. A vitória foi da croata Pavla Klicnarova, com 55seg74. 

Por fim, Guilherme Grahn e Maya Harrisson competiram no domingo novamente em Gaellivare (Suécia) e Oberjoch (Alemanha), respectivamente. Guilherme não teve a mesma sorte no slalom e não completou a segunda descida. A vitória foi do sueco Casper Stein-Lagerheim, com 1min32seg46. 

Já Maya manteve a boa fase e ficou na 16ª posição do slalom com 1min34seg48 e 71.73 pontos FIS, na frente de outras 23 atletas. A vitória foi da alemã Elisabeth Willibald, com 1min28seg03. Maya, aliás, volta a competir nesta semana em quatro provas na Itália.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.