Zebra americana em terra russa - Sochi#3

Sage Kotsenburg surpreendeu a todos (Franck Fife/AFP/Getty Images)

Fosse na década de 80, o resultado causaria algum transtorno para os membros esportivos da Rússia. Agora restou apenas a comemoração e a constatação da primeira surpresa logo na primeira final dos Jogos Olímpicos de Sochi. 

O norte-americano Sage Kotsenburg conquistou a primeira medalha de ouro dos Jogos e a primeira do snowboard slopestyle masculino. Saindo da semifinal, sem estar na lista dos favoritos, conseguiu driblar a pista difícil para vencer. 

Conquistou a nota de 93.50 pontos logo na sua primeira descida com uma apresentação segura, aterrissagem perfeita e bons saltos. Depois, bastou torcer contra os outros rivais para confirmar seu nome na história. 

Ele contou com a derrocada dos favoritos. Antes da final um deles já havia caído. O belga Seppe Smits, campeão mundial em 2011 e vice em 2012, ficou a 0.25 pontos da vaga na final. O atual campeão do Mundo, o finlândes Roope Tonteri, caiu em suas duas descidas e foi apenas o 11º. O canadense Sebastien Toutant foi o nono. 

O único cotado que conseguiu chegar lá foi o canadense Mark McMorris. Vice campeão mundial, ele conquistou o bronze ao marcar 88.75 pontos apenas na última apresentação. A prata foi para o norueguês Staale Sandbech, com 91.75. Ele também não era cotado antes de Sochi, mas fez duas apresentações seguras na classificação e na final. 

Interessante notar também a baixa média de idade do pódio. Os três atletas tinham 20 anos. É o rosto jovem que o Comitê Olímpico Internacional quer aproximar dos Jogos e justifica a inclusão do slopestyle no evento. A zebra americana já passeia no solo russo. 

Noruega mostra força

Na primeira prova do Esqui Cross-Country, a Noruega já mostrou porque domina a modalidade. O pódio do Skiathlon 7,5 km Clássico e Livre teve duas atletas do país e uma sueca com a medalha de prata. 

O ouro foi para a campeã mundial Marit Bjoergen, que confirmou o favoritismo. Ela fez o percurso em 38min33seg6, pouco mais de um segundo à frente da sueca Charlotte Kalla, medalhista de prata. A também norueguesa Heidi Weng ficou com o bronze, treze segundos atrás da compatriota. 

Mesmo assim, houve espaço para algumas surpresas. Vice-campeã mundial na modalidade, a norueguesa Therese Johaug ficou na quarta posição, fora do pódio. A polonesa Justyna Kowalczyk, outra cotada ao ouro, ficou apenas na sexta posição. 

Apenas para contextualizar, a prova de Skiathlon consiste em duas voltas de 7,5 quilômetros. A primeira delas é no estilo clássico, que utiliza mais o físico do atleta. Depois é a técnica livre, onde o competidor pode deslizar mais. 

Outras provas acontecerão ao longo do dia. Convido todos a acompanhar a transmissão da Record News, que está com transmissões na íntegra. Hoje, às 12h30, estarei comentando a primeira descida do luge masculino. Conto com sua audiência!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.