Resumão Olímpico Sochi #14

Dia de muitas medalhas nos Jogos Olímpicos de Inverno, com oito disputas de ouro. Disputas fortes e que consagraram um casal russo. Vamos ao resumão olímpico desta quarta-feira (os relatos dos vencedores das provas de patinação artística feminino, bobsled feminino e esqui alpino masculino estão no relato dos brasileiros). 


Wild e Zavarzina fazem a festa "em casa" (Getty Images)


Snowboard

A festa foi da Rússia e Suíça no slalom gigante paralelo do snowboard. Os dois países conquistaram duas medalhas nas disputas masculina e feminina.

Entre os homens, o norte-americano naturalizado russo Vic Wild mostrou enorme regularidade e venceu a disputa do ouro com o suíço Nevin Galmarini. O esloveno Zan Kosir conquistou o bronze.

Nas mulheres, Patrizia Kummer conseguiu um ritmo forte na final, forçou o erro da japonesa Tomoka Takeuchi, sua principal rival na decisão, e conquistou o ouro. O momento mais legal, porém, veio no bronze. A russa Alena Zavarzina ficou na terceira posição. Ela é mulher de Wild e o casal teve 100% de aproveitamento nas medalhas.

Cross-Country

Aconteceram as provas de equipe no sprint masculino e feminino. Entre os homens, a Finlândia conquistou o ouro com 23min14seg89, quase um segundo à frente da Rússia. A Suécia conquistou o bronze e a Noruega realmente não vive seus melhores no esqui nórdico. A seleção foi apenas a quarta colocada. 

Mas entre as mulheres foi diferente. Com grande prova de Marit Bjoergen, as norueguesas conquistaram o ouro com 16min04seg05, quase dez segundos à frente das finlandesas, medalhistas de prata. A Suécia ficou com o bronze.  

Hóquei no gelo

O Hóquei no gelo também chega na sua reta final. Na quarta-feira tivemos as quartas de final da disputa masculina. A Suécia derrotou a Eslovênia por 5 a 0 e enfrentará a Finlândia na semi. O país venceu a Rússia por 3 a 1.

Na outra semi, um clássico mundial: os EUA enfrentarão o Canadá naquilo que poderia ser a final olímpica. Os norte-americanos venceram a República Tcheca por 5 a 2 enquanto que os canadenses conquistaram uma dura vitória contra a Letônia por 2 a 1.  

Curling

Aconteceram hoje as semifinais masculinas e femininas. Entre os homens não houve grande surpresa. O Canadá derrotou a China por 10 a 6 e o Reino Unido fez uma partida equilibrada contra Suécia, vencendo por 6 a 5. 

Já nas mulheres, o último end entre Suécia e Suíça ficará marcado para a história. Era a última pedra do jogo, favorável à Suíça. Bastava um draw (pedra colocada) para somar dois pontos e virar a partida que estava 6 a 5 para a Suécia. Mas a capitã Mirjam Ott fez o improvável: errou o lançamento, cedeu mais um ponto para as adversárias e perdeu a chance de ir à final. 

Melhor para a Suécia, que tentará frear a equipe canadense. O país chega à final com dez vitórias em dez jogos. Ontem elas sofreram, mas conseguiram vencer o Reino Unido por 6 a 5.  

Patinação de Velocidade

Nos últimos dias de disputa finalmente chegou ao fim o reinado da Holanda na patinação de velocidade. Na prova de 5 mil metros feminino a tcheca Martina Sablikova conquistou a medalha de ouro.

Ela fez o tempo de 6min51seg54 e ficou mais de dois segundos à frente da holandesa Ireen Wust, medalhista de prata. O bronze foi da também holandesa Carien Kleibeuker.  

Biatlo

Um momento histórico aconteceu na prova de revezamento misto do Biatlo nesta quarta-feira. O norueguês Ole Bjoerndalen conquistou sua 13ª medalha em Jogos de Inverno e se consolida como o atleta mais laureado do evento em todos os tempos. 

E não foi qualquer medalha não. Ele foi um dos integrantes da forte equipe da Noruega que conquistou o ouro na prova de revezamento misto. Competiu ao lado de Emil Svendsen, Tora Berger e Tiril Eckhoff. Com uma equipe dessa, a vantagem em relação à prata foi muito grande. A República Tcheca chegou na segunda posição com mais de trinta segundos atrás. A Itália foi medalhista de bronze.

Medalhas

A Noruega já assume a liderança no quadro de medalhas, com nove ouros, quatro pratas e sete bronzes. A Alemanha aparece na segunda posição, com oito ouros. A terceira posição é dos EUA, que também reagiram e já possuem sete ouros, cinco pratas e 11 bronzes. A Rússia está na quarta posição com seis ouros e nove pratas. Ao todo, 26 países conquistaram medalhas e vinte deles ganharam algum ouro.

Nesta quinta-feira teremos várias provas com disputas de medalhas. Você pode conferir a agenda completa aqui.

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.