Provas no esqui alpino

O dia foi do bobsled, mas o Brasil Zero Grau segue seu propósito de trazer todos os detalhes dos brasileiros nos esportes de inverno. Portanto teremos um post especial para falar das provas de Jhonatan Longhi e Guilherme Grahn no esqui alpino. 

Jhonatan segue sua preparação para os Jogos Olímpicos de Sochi e participou de nova prova de slalom em Turnau, na Áustria. O brasileiro, porém, não completou a segunda descida e ficou de fora da classificação final. O vencedor foi o macedônio Antonio Ristevski, com 1min37seg33. 

Na Suécia, em Lycksele, Guilherme Grahn disputou outra prova de slalom. Dessa vez, o prodígio brasileiro teve uma melhor atuação. Ele terminou na 17ª posição com 1min38seg34 dentre 39 atletas que completaram as duas descidas. 

O desempenho garantiu 68.31 pontos FIS, novamente próximo das melhores marcas brasileiras - e ele tem apenas 16 anos. O vencedor da prova foi o finlândes Juho Dahl, com 1min32seg18. Ele se preocupará apenas com o ciclo olímpico de 2018. 

São duas gerações do esqui alpino brasileiro que já dão o que falar. Uma boa disputa que tende a elevar o nível da modalidade aqui no Brasil.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.