Grande passo!

Fabiana dos Santos na primeira etapa: caminho no fim (Reprodução)

A dupla feminina de bobsled do Brasil precisava de uma grande atuação nesta quinta-feira, na penúltima etapa da Copa América de Bobsled para sonharem com os Jogos Olímpicos de Sochi. Bom, podemos dizer então que o sonho está mais vivo do que nunca!

Isso porque o time composto pela piloto Fabiana dos Santos e a pusher Sally Mayara conquistaram a medalha de ouro na penúltima prova em Lake Placid (EUA). Elas ficaram na frente de outros sete trenós e somaram importantes pontos no ranking internacional.

A dupla venceu com o tempo combinado de 1min57seg43, meio segundo na frente do trenó canadense, puxado por Christine Bushie e Melissa Lowe. O bronze ficou com a dupla sul-coreana. 

É a primeira medalha de ouro do bobsled brasileiro nesta nova etapa da CBDG (o time já havia conquistado outras medalhas antes de 2010). E é a injeção de ânimo que faltava para as meninas sonharem com a classificação inédita nos Jogos. 

Só nesta prova elas conseguiram tirar 40 pontos de Itália e Romênia, os dois países que estão na frente do Brasil no ranking da categoria. Agora a distância é de meros 22 pontos. Uma vitória na última etapa, nesta sexta-feira, faz com que o país coloque um pé nas Olimpíadas. 

A prova decisiva acontecerá a partir das 16h do horário brasileiro de verão e você pode acompanhar neste link. Vamos torcer! Elas merecem muito essa vaga olímpica. 

Sonho masculino

Quem também segue sonhando firme e forte é o time masculino. No sábado e domingo acontecerão as etapas decisivas da disputa do quarteto e o Brasil está dentro da classificação olímpica, por enquanto. 

O foco é voltado para esta prova, tanto que a dupla masculina do país sequer completou a última prova da categoria na Copa América na sexta. O trenó deve ter tombado (não assisti a descida), mas como não completou a prova, só pode ter sido isso. 

Caso o quarteto masculino conquiste a vaga, será o retorno após oito anos. A última participação nos Jogos Olímpicos aconteceu em 2006, na cidade italiana de Turim. 

Sonho Aerials feminino

Nesta sexta-feira começa também o sonho de inverno das atletas Lais Souza e Josi Santos. Após treinarem, se adaptarem e estrearem no esqui livre aerials, as duas participarão da primeira etapa de Copa do Mundo da modalidade. 

As provas acontecerão em Deer Valley (EUA). É a primeira de três etapas que elas participarão até o dia 19, a última data para a classificação olímpica. "Estou muito contente com a evolução das garotas. Agora, estou ansioso por esse momento decisivo", comenta o treinador Ryan Snow, técnico canadense contratado pela CBDN. 

A evolução é grande mesmo. Em menos de um ano de preparação (oito meses para ser mais exato), as duas atletas brasileiras não só se credenciaram para a disputa olímpica como também já somaram importantes resultados. Lais Souza, por exemplo, já possui duas medalhas de bronze em copas norte-americanas. 

"As provas que estivemos foram muito importantes. Conquistar aqueles bronzes me ajudou demais com experiência e amadurecimento nesta modalidade. Agora vamos tentar mais um passo adiante", comentou Lais no release da CBDN.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.