Saiu a pré-lista!

Imaginei que a CBDN iria esperar o início de 2014 para definir a lista de atletas para Sochi. Só que não! Na última sexta-feira de 2013 a entidade divulgou a pré-convocação para os Jogos Olímpicos de Inverno em fevereiro do ano que vem. E não houve surpresas nos nomes. 

Leandro Ribela e Jaqueline Mourão no esqui cross-country, Jhonatan Longhi e Maya Harrisson no esqui alpino, a snowboarder Isabel Clark no cross, novamente a Jaque Mourão no biatlo e as atletas Lais Souza e Josi Santos de esqui aerials são titulares e se aproximam das Olimpíadas. 

Maya venceu a disputa (Divulgação/CBDN)
Apesar de ser uma pré-lista, somente um desastre, como contusão ou punição, tirará esses atletas dos Jogos (lembrando que Josi, Lais e Isabel ainda buscam o índice). Eles foram escolhidos como titulares e principais apostas da CBDN em Sochi. 

"É para a CBDN uma satisfação toda especial poder pré-convocar atletas em cinco modalidades distintas para os Jogos de Sochi-2014, nos quais a entidade objetiva a quebra de inúmeros recordes e tornar esta a maior participação brasileira de todos os tempos", afirma Stefano Arnhold, presidente da CBDN, no site oficial. 

Pelo visto, a escolha focou na experiência dos atletas. Com exceção das competidoras de aerials, os outros cinco selecionados irão para a segunda ou terceira Olimpíada de Inverno. Inclusive Maya Harrisson, que possui apenas 21, mas esteve presente em Vancouver, ao lado de Jhonatan Longhi, no esqui alpino. 

Jaque Mourão e Isabel Clark disputarão os Jogos pela terceira vez. Isabel ainda precisa confirmar o índice, mas está muito próximo de Sochi. Ela conseguiu índice no cross-country e também está muito próxima da inédita vaga no biatlo. Leandro Ribela, por sua vez, disputará a segunda Olimpíada. 

Em contrapartida, os jovens e sem experiência olímpica que fizeram o índice ficaram como reservas. Mirlene Picin será substituta de Jaqueline Mourão (Mirlene, inclusive, deu um tempo nas disputas de neve nesta temporada). Tobias Macedo e Fabio Guglielmini (lesionado) são reservas do esqui alpino masculino. Chiara Marano, que brigou ponto a ponto com Maya, ficará como opção no esqui feminino.

É uma opção válida, sem dúvida, mas eu tentaria contrabalançar essa escolha e premiaria a regularidade de Chiara Marano nos últimos meses. Assim, teríamos duas esquiadoras com idades semelhantes e experiência olímpica. 

De qualquer modo, a equipe está fortíssima e caso Lais e Josi conquistem a vaga, teremos a maior delegação brasileira nas modalidades de neve. Querendo ou não, isso dá sinais de evolução do esporte aqui neste país tropical, abençoado por Deus.


Esportes no gelo

Se a CBDN já divulgou a lista de pré-convocados, a CBDG esperará até o último dia para confirmar sua delegação. Isso porque o bobsled masculino e feminino ainda brigam pela classificação em Sochi. 

O quarteto masculino possui maiores chances e disputarão mais duas etapas da Copa América de Bobsled em Lake Placid, nos EUA. Se o time mantiver o desempenho, deve conseguir uma das últimas vagas no ranking internacional.

Já o time feminino é o primeiro de fora do ranking internacional. A dupla planeja disputar mais quatro etapas, seja na América ou na Europa, para tirar essa diferença. 

Após ficar de fora dos Jogos de 2010, a CBDG viu a patinadora Isadora Williams conquistar uma vaga inédita para o país.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.