Sai zica!

Após duas provas seguidas sem completar uma das descidas do esqui alpino, e outra prova para ser esquecida, a brasileira Maya Harrisson finalmente conseguiu um bom desempenho nesta temporada olímpica. Ela competiu numa prova de slalom em Davos, na Suíça.

Maya (Divulgação/CBDN)
A atleta terminou na 23ª posição, a penúltima dentre aquelas que completaram as duas descidas. Maya fez o tempo acumulado de 1min45seg28 e bons 119.11 pontos FIS. A vencedora foi novamente a liechtensteiniense Marina Nigg, com 1min30seg23. 

É o melhor desempenho da atleta brasileira em quatro provas da temporada olímpica. Serve para aumentar a confiança na sequência das competições e dar aquele ânimo a mais na briga olímpica. Afinal de contas, após algumas provas, Maya voltou a fazer uma pontuação semelhante de Chiara Marano - as duas brigam pela vaga olímpica do esqui alpino feminino do Brasil. 

A zica que saiu de Maya parece ter caído em cima de Jhonatan Longhi. O brasileiro, praticamente garantido em Sochi, não conseguiu se classificar para a segunda descida do slalom gigante em Klövsjö, na Suécia. A prova foi válida pela Copa Europeia e teve o francês François Place como vencedor com 1min48seg26. 

É a terceira prova seguida que Jhonatan não consegue se classificar para a segunda descida das provas que disputa. Não afetará seu status, mas o próprio atleta sabe que quanto mais provas ele completar, mais em forma estará nos Jogos Olímpicos. 

Agendinha

Prepare a agenda porque os próximos dias terão várias participações de brasileiros. Algumas delas, eu diria, essenciais para a caminhada olímpica. 

Falando de esportes de neve, amanhã teremos participações de Jhonatan Longhi e Chiara Marano em provas de esqui alpino na Europa. 

Entre os dias 5 e 6 será a vez de Lais Souza e Josi Santos estrearem no esqui aerials e tentarem a classificação para etapas da Copa do Mundo da modalidade, onde elas tentarão a classificação olímpica. A estreia será em Ruka, na Finlândia. 

Entre os dias 6 e 8 teremos a abertura da Copa do Mundo de Snowboard com provas de snowboardcross. A brasileira Isabel Clark tentará manter o desempenho da temporada anterior e continuar entre as melhores do ranking internacional. Ela precisa ficar entre as 24 melhores para ir a sua terceira Olimpíada. A prova será em Montafon, na Áustria.

Ainda no dia 6, acontecerá a segunda etapa da Copa do Mundo de Biatlo em Hochfilzen (Áustria). A brasileira Jaqueline Mourão garantiu índice semana passada ao quebrar o recorde brasileiro no sprint e estará presente no evento. 

Os esportes de gelo também contarão com presença brasileira. Nos dias 4 e 5 teremos a sexta etapa da Copa América de Bobsled e Skeleton, com a presença dos trenós brasileiros. É a antepenúltima etapa antes da definição de quem vai para Sochi. Todo ponto é crucial para as pretensões brasileiras. As provas acontecerão em Lake Placid (EUA).

Já garantida em Sochi, a patinadora brasileira Isadora Williams competirá em Zagreb (Croácia) no Golden Spin. O torneio traz boas lembranças para a jovem: foi lá, no ano passado, que ela conquistou a medalha de bronze, a primeira do país em torneios internacionais de patinação no gelo, e apareceu para o mundo! A disputa acontecerá nos dias 6 e 7.

Como aperitivo, veja vídeo de um salto de Josi Santos em Ruka, na Finlândia. Ela, ao lado de Lais Souza, se preparam para a estreia no Esqui Aerials. Vídeo postado no Facebook da CBDN:

video
 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.