Obrigado, 2013!

Este foi o primeiro ano completo do Brasil Zero Grau. Idealizado em 2010, criado de fato em outubro de 2012, foi em 2013 que acompanhamos de ponta a ponta todos os passos dos atletas brasileiros. E que ano foi este, meus amigos!

Gosto de retrospectivas. É ideal para fazer um balanço do que foi a nossa vida nos últimos 12 meses e também para nos prepararmos para outra etapa da nossa história. Dizem que é bobagem comemorar virada de ano. Pode até ser. Mas é uma chance para repensarmos nossos atos, evitar erros que nos machuquem e para melhorar naquilo que for possível.

Quando comecei em janeiro, com três meses de trabalho no blog, imaginava que não teria fôlego para acompanhar todas as provas de inverno do Brasil. Acreditei que não teríamos tantos bons resultados e muito menos conseguiria obter certo reconhecimento. 

Mas eis que aqui estamos, acompanhando de perto os atletas que sonham com os Jogos de Sochi, os que sonham com os Jogos de 2018 e aqueles que nem sonham com Olimpíadas. Muitos jornalistas e fãs elogiaram e criticaram este blog, permitindo seu crescimento e aperfeiçoamento. E isto, meus amigos, devo totalmente aos homens e mulheres que souberam levar a bandeira brasileira em lugares nunca antes imaginados. 

Como não se emocionar com Isadora Williams, uma adolescente de 17 anos que mesmo sem falar português levou o Brasil para a elite da patinação artística no gelo...

Como não engrandecer Leandro Ribela, atleta dedicado de cross-country que, enquanto baixa suas marcas cada vez mais, ainda arrumou tempo para fazer o brilhante projeto social Ski na Rua...

Como não elogiar Jaqueline Mourão, uma das mais talentosas atletas brasileiras e que mesmo perto dos 40 anos segue conquistando feitos na neve...

Como não reconhecer o talento de Isabel Clark, carioca que mesmo sem neve é uma das melhores do mundo no snowboard...

Como não se emocionar com a superação do time de bobsled, que dribla até mesmo crise administrativa e segue vivo na briga olímpica...

E tenho que agradecer a todos os personagens que apareceram por aqui ao longo destes 12 meses: Luiz Manella, Kevin Alves, Renato Mizoguchi, Leonardo Raschini, Emílio Strapasson, o ex-presidente Eric Maleson, o pessoal do hóquei no gelo paulista e carioca, a equipe de patinação do Rio (prazer em conhecê-lo, Márcio Pereira), o pessoal do snowboard (Marcos Batista, Allana Leite, Lucas Rezende, Isis Dassow), aos jovens esquiadores Nathan e Esmeralda Alborghetti, à equipe adulta de esqui alpino, com Jhonatan Longhi, Fábio Guglielmini, Maya Harrisson, Chiara Marano, ao time de esqui livre com Lais Souza e Josi Santos. Ao pessoal de esqui nórdico: Fabrizio Bourguignon, Leandro Lutz, Aldo Ramos, Hélio Freitas, Mirlene Picin e a jovem Gabriela Neres. Aos diretores da CBDG e CBDN pelas dúvidas tiradas e a todos os outros não citados nominalmente por falha da memória, mas que certamente contribuíram para o crescimento deste espaço.

Por fim, mas não menos importante, ao público que passou por aqui em 2013 em busca de mais informações sobre esportes de inverno. São vocês e as suas visitas que me motivam e mostram a cada dia que o brasileiro gosta, sim, de esportes de inverno. Um feliz 2014 a todos nós!

Votação

Mas antes de curtir a virada de ano, ainda dá tempo para votar no novo nome do bobsled brasileiro! A votação termina no dia 1º de janeiro! Basta acessar este link e preencher as informações.

Entre os dias 2 e 10 de janeiro, haverá uma votação com os três nomes escolhidos pela CBDG. No dia 11 será divulgado o nome escolhido e o vencedor leva um kit da equipe de trenó do Brasil!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.