"Briga" interna

Maya e Chiara (Reprodução/Facebook)
Daqui uma semana a esquiadora Chiara Marano iniciará a disputa nas provas FIS de esqui alpino. Da mesma forma Maya Harrisson também deverá iniciar sua temporada em breve. São as duas atletas que prometem esquentar a temporada olímpica para a CBDN. 

Maya e Chiara brigam pela vaga feminina conquistada pelo Brasil na modalidade para os próximos Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi, na Rússia, entre os dias 7 e 23 de fevereiro. Elas têm até o dia 19 de janeiro para diminuírem suas marcas e "convencerem" a entidade a nomeá-las. 

Tal briga foi retratada numa bela matéria do Globo Esporte (veja aqui) e abre, por assim dizer, o clima na Rede Globo com a proximidade dos Jogos Olímpicos (a emissora promete fazer uma cobertura exemplar e torcemos para que isso aconteça, de verdade). Para saber mais sobre as duas atletas, ouçam novamente as entrevistas que elas deram ao Brasil Zero Grau (aqui e aqui). 

O índice olímpico B foi cravado pela Chiara Marano na última temporada. A favor dela ainda contam a excelente forma física, sem qualquer contusão grave, e a sequência de competições representando o país. Sem falar, claro, da ideia de mérito: afinal de contas, ela confirmou a vaga para o Brasil. 

Mas como a classificação é do país e não do atleta, Maya conta com sua experiência de já ter disputado uma edição dos Jogos Olímpicos (em Vancouver-2010), o fato das melhores marcas históricas do país na modalidade serem dela e ainda pretende mostrar que está plenamente recuperada de uma grave contusão no tornozelo - ela não disputa uma temporada completa desde abril de 2011. 

Grandes amigas, as duas protagonizarão um belo e o único duelo pela última vaga na delegação brasileira. Jhonatan Longhi está praticamente certo no esqui alpino masculino e Leandro Ribela e Jaqueline Mourão deverão participar do cross-country. 

A disputa começará semana que vem e promete ser ponto a ponto. O Brasil Zero Grau estará de olho e que vença a melhor.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.