De novo!

Ted Ligety em entrevista após sua vitória em Soëlden (Divulgação/FIS)

Já está virando rotina em Soëlden, Áustria, na abertura da Copa do Mundo de Esqui Alpino. Pela terceira temporada consecutiva, o norte-americano Ted Ligety começa com vitória no slalom gigante na primeira etapa do torneio.

O atleta cravou 1min59seg50 no tempo combinado para ficar com a medalha de ouro - foi o único a completar as duas descidas em menos de dois minutos. Para isso ele contou com uma excelente primeira volta, quando fez o percurso em 1min00seg44. 

O francês Alexis Pinturault ficou em segundo, 0seg79 atrás do norte-americano. O pódio foi completado por Marcel Hirscher, um dos melhores esquiadores da atualidade. 

Destaque também para a participação francesa: cinco atletas entre os dez primeiros colocados.  O único representante latino-americano, o argentino Cristian Javier Birkner, não garantiu classificação para a segunda descida. 

Mas a vitória de Ted Ligety contou com imprevistos. O clima em Soëlden mudou na madrugada de sábado para domingo e impossibilitou o congelamento da pista. Isso, aliado aos ventos fortes, fez com que o percurso fosse reduzido a 44 gates. 

"Repetir o que eu fiz no slalom gigante no ano passado será difícil. Um monte de pessoas melhoraram seus esquis durante o verão e eu não espero vencer as corridas com a mesma margem", afirmou o norte-americano no site da FIS. 

Temporada difícil e que todos terão que se superar. Afinal de contas, a temporada terminará lá em Sochi, com os Jogos Olímpicos de Inverno. E o pontapé já foi dado neste fim de semana, com a abertura da Copa do Mundo de Esqui Alpino e de toda a temporada boreal.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.