Última etapa na América do Sul

Aconteceu na sexta e sábado as últimas etapas da Copa do Mundo Master de esqui alpino na América do Sul. O mau tempo fez com que algumas provas não fossem realizadas em El Colorado, no Chile, e outras fossem substituídas. 

Dessa forma, a etapa sul-americana aconteceu com duas disputas de slalom gigante (uma para as mulheres e outra para os homens). Stefano Arnhold, presidente da CBDN e representante brasileiro entre os homens, não conseguiu competir. 

Já Luci Arnhold não conseguiu superar a rival Barbara Jekot, da Rússia, que rivaliza com a brasileira na faixa etária entre 60 e 64 anos. Na classificação geral, a russa terminou na 10ª posição, com 2min24seg24 e 317.80 pontos FIS. Luci Arnhold ficou em 11ª, com 2min27seg37 e 352.63 pontos.

A campeã geral foi novamente a chilena Angelica Ibanez, com 1min45seg55. Detalhe que ela tem 42 anos e ficou na frente da norte-americana Jenny Badger, dez anos mais nova (aliás, abro parênteses aqui, pois há uma norte-americana de 77 anos chamada Marietta Frinell que, acreditem, foi a nona entre 16 competidoras na classificação geral). 

Agora as disputas masters terão um intervalo e retornam apenas em dezembro, com provas na cidade italiana de Sestriere entre os dias 14 e 15 de dezembro. O casal Arnhold certamente estará presente mais uma vez.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.