Cara nova

Quem ainda não conhece precisa entrar e conferir. A atleta Jaqueline Mourão, do Biatlo da CBDN, repaginou seu blog e o deixou muito mais atraente antes da temporada que definirá mais uma participação olímpica para ela. 

O link está aqui e, confesso, fiquei até com uma pontinha de inveja, daquelas boas, que faz a gente ir atrás de algo bom também. Afinal de contas reconheço que o layout do Brasil Zero Grau não é lá aquelas coisas e, dez meses depois, seria ótimo dar uma mudança no visual. 

Mas vamos ao que interessa. Lá você ficará sabendo um pouco mais da rotina da experiente atleta, que caminha para sua quinta edição de Jogos Olímpicos (a terceira na neve) e que acumula excelentes resultados por onde passa. 

Mais do que isso. Os textos de Jaqueline conseguem descrever não só as provas, mas as viagens, as diferenças culturais e todas as dificuldades que pessoas comuns sequer pensam que podem acontecer com os atletas. 

(Abro parênteses para um exemplo clássico. Veja o que Jaque falou sobre sua iniciação no biatlo de roller ski: "Eu nunca tinha competido uma prova de roller ski, ainda mais de Biathlon, com a carabina nas costas descendo asfalto abaixo...eu não gosto nenhum pouco de pensar na possibilidade de cair e ficar com aquele 'bife de asfalto' tatuado". O relato completo dessa aventura, que rendeu a 13ª posição para a brasileira no Campeonato Norte-Americano, você lê aqui). 

Fica a dica de leitura. Até fevereiro de 2014 renderá boas histórias e fatos inéditos. Afinal de contas, ela está muito próxima de confirmar a vaga no biatlo para os Jogos de Sochi no ano que vem. Boa navegação!

Mais resultados

Enquanto Jaqueline Mourão prossegue com treinos, clínicas e provas no hemisfério norte, os atletas de esqui alpino da CBDN prosseguem em provas no hemisfério sul. Chiara Marano, mais uma vez, competiu no Chile, em La Parva. 

No último domingo, dia 1º, ela participou da prova de slalom da Copa Sul-Americana, mas não teve muita sorte. Sequer completou a primeira descida e não somou pontos na classificação oficial. A argentina Salomé Bancora foi a vencedora com 1min30seg01 e 21.61 pontos FIS. 

Chiara trava uma disputa interna bem bacana e acirrada com Maya Harrisson pela vaga feminina da entidade nos Jogos de Sochi. As duas terão até janeiro de 2014 para mostrar nas pistas de neve suas inegáveis qualidades. 

Joga a favor de Chiara o fato dela já ter cravado o índice B olímpico e estar totalmente em ritmo de competições. Maya, por sua vez, já esteve presente na última edição dos Jogos e possui as melhores marcas do país, apesar de voltar somente agora de contusão e ainda correr atrás do índice B.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.