Fim do sonho olímpico

Fabio Guglielmini (Divulgação/CBDN)
O esqui alpino, esporte reconhecidamente duro e difícil, fez uma vítima brasileira na semana passada. O jovem Fábio Guglielmini, que ainda buscava a vaga olímpica em Sochi, está fora da próxima temporada. Ele rompeu o ligamento cruzado do joelho esquerdo durante um treino. 

A contusão, tão comum no futebol, é uma das mais graves para os atletas de alto rendimento. O tempo de recuperação é, no mínimo, seis meses. Como ele ainda fará a cirurgia, voltará aos treinos apenas em janeiro, na véspera dos Jogos Olímpicos de Inverno. 

Fábio treinava em Hintertux, na Áustria, quando começou a sentir dores no joelho e resolveu abandonar a pista. "Durante l'ultima sessione di allenamento ad hinterux sono dovuto tornare a casa perché avevo sentito qualcosa di strano" ("Durante a última sessão de treinamento em Hinterux eu tive que ir para casa porque eu tinha sentido algo estranho, numa rápida tradução minha"). 

Ele fez exames no hospital e o pior prognóstico foi confirmado: o atleta brasileiro, grande promessa para os próximos anos no esqui alpino, rompeu o ligamento e viu o fim do sonho olímpico neste ciclo. Fábio já possuía o índice B e brigava com Jhonatan Longhi pela vaga já garantida pela CBDN (ou até mesmo tentar atingir o índice A, por que não?)

Ele também ficará de fora de toda a temporada sul-americana, que acontecerá em Valle Nevado, Chile, no mês de agosto. O blog lamenta muito a situação e deseja ótima recuperação ao jovem atleta!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.