Esclarecimentos

Uma das coisas mais legais que o blog me permitiu foi entrar em contato com os atletas e alguns de seus familiares. Eles são verdadeiros consultores que ajudam a entender algumas regras complexas dos esportes de inverno e também de competições. 

(aqui abro o parênteses: ainda vou fazer um post especial sobre pais de atletas. Tem a Valeria Manella, a Alexa Williams e o Marco Alborghetti, todos com boas histórias para contar e ajudando repórteres e jornalistas). 

Mas enfim, nesta sexta-feira recebi uma mensagem de Marco Alborghetti, esclarecendo alguns assuntos relacionados ao título de professor conquistado por Jhonatan Longhi no início deste mês (você pode ver aqui). 

Ele ressaltou que Jhonatan é professor de esqui desde 2011 e o título que ele conquistou foi de professor de primeiro nível, o que o dá direito de ensinar o esqui alpino e treinar alguns atletas de clube, mas ainda não pode treinar atletas de nível internacional.

Confesso que é um pouco complicado. Pelo que ele explicou para mim, na Itália não existe professor de primeiro, segundo e terceiro grau como no restante da Europa. O que existe lá é a diferenciação entre aquele que ensina e aquele que também pode treinar atletas em provas regionais. 

Espero ter conseguido explicar um pouco mais sobre o assunto. O importante é que é a primeira vez que o Brasil tem um atleta neste posto, o que mostra a evolução de Jhonatan Longhi e de todo o esqui alpino nacional. Isso mostra que atletas brasileiros podem, sim, atingir um nível técnico bom em provas de inverno. Obrigado Marco e parabéns mais uma vez à Jhonatan Longhi!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.