Marca superada

Isabel Clark (Reprodução/Facebook)

Isabel Clark é uma das atletas mais regulares do esporte brasileiro. A snowboarder sempre se mantém no top 20 de sua modalidade, conquistando pontos importantes que a colocam nas competições mais importantes dos esportes de inverno. 

Já curtiu  a página do Blog Brasil Zero Grau no Facebook?

Neste sábado, claro, não seria diferente. Isabel já tinha conquistado uma vaga entre as 24 melhores com o décimo tempo na etapa de Veysonnaz da Copa do Mundo de Snowboardcross. Mas a busca era passar pelas quartas de final e terminar entre as 12 melhores do mundo pela primeira vez nesta temporada. 

A brasileira conseguiu e por muito pouco não termina também entre as seis melhores do mundo! Uma posição a separou da grande final, o que seria o melhor resultado brasileiro na história dos esportes de neve. 

Garantida na bateria 4 das quartas de final, Isabe conseguiu cruzar a linha de chegada na segunda posição, atrás apenas da búlgara Alexandra Jekova, garantindo assim vaga nas semifinais pela primeira vez nesta temporada. 

Ela caiu num grupo que além da búlgara e da norte-americana Callan Chythlook também tinha a italiana Raffaella Brutto, a francesa Nelly Loccoz e a suíça Simona Meiler. Aí o buraco era mais embaixo. Mesmo assim, Isabel foi a quarta colocada, atrás justamente de Jekova, sua algoz nas quartas de final. 

Com a vaga na final escapando por pouco, Isabel Clark ainda disputou a final B, que define da sexta à 12ª colocada. Ela foi apenas a quinta a completar o percurso, terminando assim na 11ª posição. A francesa Nelly Loccoz foi a vencedora da etapa. 

Mas o dia não é de lamentações ou tristeza. Na verdade, esse foi o melhor desempenho da brasileira até aqui na temporada do hemisfério norte. A 11ª posição na Suíça rendeu 240 pontos no ranking internacional. Ela ocupa a 15ª posição na disputa da Copa do Mundo e segue firme e forte para garantir mais uma vaga olímpica para o Brasil! Parabéns, Isabel!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.