Brasileiros no esqui alpino

Os atletas de esqui alpino do Brasil seguem enfileirando provas nesta reta final. Neste sábado dois deles participaram de provas no continente europeu e conquistaram bons resultados. 

Jhonatan Longhi participou de uma prova de slalom em Rogla, na Eslovênia, na sua terceira prova consecutiva no país do leste europeu. Ele foi o 50º ficou na frente de três atletas que completaram as duas descidas. 

O brasileiro teve o tempo combinado de 1min34seg60 e 83.11 pontos FIS. A prova foi muito dura, com apenas o último colocado passando da barreira dos cem pontos. O vencedor foi o britânico David Ryding, com 1min24seg50. 

Na Itália o esquiador Fábio Guglielmini participou de uma prova júnior de slalom gigante em Passo Rolle e conseguiu uma atuação melhor. Ele foi o 28º dentre 75 atletas que completaram as duas descidas. 

O tempo do brasileiro foi 2min23seg88 e conseguiu 68 pontos FIS. O vencedor foi o italiano Marco Manfrini, com 2min18seg77. 

Segundo a CBDN, a jovem Chiara Marano competiria até domingo em Villard de Lans, na França, mas ela não esteve na prova citizen de slalom especial. Pelo visto, a brasileira fez apenas as duas corridas de slalomg gigante na quinta e sexta-feira.

Pinocchio

A promessa Esmeralda Alborghetti também esteve competindo na Itália e encerrou neste sábado a sua participação no Pinocchio, um dos torneios mais tradicionais de esqui alpino na categoria infanto-juvenil.

A brasileira de 14 anos competiu hoje na prova de slalom gigante e conseguiu terminar na 37ª posição, com o tempo combinado de 2min18seg70. A vencedora foi a austríaca Elisa Moerzinger com 2min06seg76. 

Desempenho bem melhor do que na sexta-feira, quando disputou o slalom especial. Esmeralda não completou a primeira descida e ficou de fora da classificação final. A suíça Melanie Meilard venceu com 1min41seg85. 

De certa forma, a brasileira conseguiu atingir seu objetivo no slalom gigante. Recém-recuperada de cirurgia, ela afirmou que pretendia ficar à frente de "30, 40% das minhas competidoras", segundo ela própria. 

O torneio encerra a temporada não só de Esmeralda como também para Nathan Alborghetti. Após uma participação histórica no Troféu Borrufa, ele ficou afastado das provas por conta de uma pneumonia. Bom descanso aos dois.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.