Recorde

Nathan com a bandeira brasileira no Super G (Reprodução/Facebook)

Você leu aqui que o jovem Nathan Alborghetti queria colocar o nome do Brasil acima dos nossos rivais sulamericanos no esqui alpino. Ele fez mais do que isso. Se ontem ele já havia conquistado uma medalha de bronze no Troféu Borrufa, nesta quarta ele se superou. 

O atleta brasileiro conquistou nada menos do que duas medalhas nas duas provas disputadas neste dia no campeonato realizado no Principado de Andorra. Primeiro ele foi bronze no Super Combinado, prova que reúne uma descida de slalom especial com uma de slalom super gigante. Depois, foi prata nesta última prova, já que há premiação para os três primeiros nesta prova. 

Competindo na categoria sub-14, Nathan conquistou o bronze no Super Combinado com o tempo acumulado de 1min45seg38. O russo Nikita Gurianov foi o campeão, com 1min42seg43. O espanhol Mikel Linacisoro ficou com a prata. 

Mas esta medalha só foi conquistada graças ao desempenho no slalom super gigante, a segunda descida e que também conta com premiação distinta. Nela, o brasileiro conquistou a prata, com o tempo de 1min02seg41, atrás apenas novamente do russo Nikita Gurianov. 

Com as três medalhas nesta temporada, Nathan Alborghetti já soma cinco na história do torneio, com quatro de bronze e uma de prata (dois bronzes conquistados no ano passado). É o melhor desempenho brasileiro num dos principais torneios infanto-juvenis de esqui alpino no mundo. 

Além dele, competiram pelo Brasil nesta quarta a sua irmã, Esmeralda Alborghetti, e Francisco Nobre, ambos na categoria sub-16. Apesar de não terem conquistado medalhas, os dois jovens também tiveram bons resultados. 


Esmeralda, por exemplo, foi a 22ª no Super Combinado e a 28ª no Slalom Super Gigante. Vale lembrar que ela passou por cirurgia na temporada passada e retornou aos treinos no fim de 2012. Já Francisco Nobre, que não havia completado provas no Troféu Borrufa, foi o 32º no Super Combinado e o 38º no Super Gigante. 

Nesta quinta-feira acontece o último dia de disputas, novamente com provas do Slalom Super Gigante. O Blog dá os parabéns à Nathan Alborghetti pelas duas medalhas conquistadas. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.