Primeiros passos

Marcos Vinicius Batista (Reprodução/Facebook)

Quando o assunto é esporte de inverno, todos falam da snowboarder carioca Isabel Clark. Tudo bem, admito que ela ainda é a nossa principal aposta para os Jogos Olímpicos de 2014, em Sochi, e estrela no Mundial de Snowboard, que começa nesta quinta-feira, em Stonehan, no Canadá. 

Mas engana-se quem pensa que ela será a única representante do país no campeonato mundial desta temporada. Aliás, ela nem é a primeira a descer na montanha! O paulista Marcos Vinicius Batista, 23 anos, estreia hoje na competição pela categoria slopestyle, que fará sua estreia em Jogos Olímpicos no ano que vem. Ele, claro, também pretende estar lá. 

Para isso, precisa de um bom desempenho agora, nesta temporada, e tentar superar a disputa do último Mundial, em 2011. No torneio realizado na Espanha, Marcos ficou na 39ª posição, com 18.50 pontos no ranking. 

"Fiquei muito nervoso na minha primeira participação, e não tive um bom resultado.Espero que nesse ano eu consiga vencer o nervosismo e a pressão. Conseguindo apresentar meu melhor na hora da prova", afirmou. 

O grande salto aconteceu realmente de lá para cá. Basta ver seu desempenho nas últimas temporadas. Participou de provas internacionais e etapas de Copas do Mundo (foi 19º numa etapa em Calgary, Canadá, em 2011). 

Nesta temporada, aqui no hemisfério sul, surpreendeu e foi o segundo colocado na Copa Sul-Americana, em Valle Nevado (Chile), tudo dentro do slopestyle. Desempenho que o colocou novamente no Mundial e o deixou na segunda posição do ranking latino-americano, com 288 pontos. 

Na Copa Sul-Americana (Reprodução/Facebook)
E como o Slopestyle se tornará um esporte olímpico em 2014, Marcos Vinicius já surge como eventual candidato a uma vaga olímpica. "Sem dúvida o interesse em competir e me dedicar como atleta aumentou com a possibilidade de participar de uma Olimpíada".

Se antes ele praticava todas as categorias dentro do snowboard (snowboardcross, half pipe, slalom), hoje ele se dedica exclusivamente ao slopestyle, tudo para encaminhar essa vaga olímpica. Depois do Mundial, já agendou etapas da Copa do Mundo e provas internacionais para manter a boa posição no ranking - é o 11º no ranking da FIS atual do slopestyle.

"Uma vaga olimpica é muito difícil no Slopestyle, modalidade que vem crescendo muito a cada dia. Mas acredito que com um bom treino e uma boa preparação durante essa temporada, o Brasil pode ter um representante em Sochi", reconhece, lembrando que a vaga é do país, e não do atleta. Ele pode até conquistar a vaga, mas a CBDN tem a premissa de escalar quem achar melhor no evento. 

Nada mal para um rapaz nascido em Santo Anastácio, uma cidade com pouco mais de 20 mil habitantes na região de Presidente Prudente, aqui no estado de São Paulo. Contato com a neve mesmo só em 2005, quando já morava no Japão e foi até as montanhas nipônicas para aprender o snowboard.

Não só aprendeu como também gostou do esporte. Em 2008, com três anos de prática, por assim dizer, encarou o Campeonato Brasileiro Amador, realizado pela CBDN em terras chilenas e argentinas. E não decepcionou. Conquistou dois ouros, um bronze e a chance de integrar a equipe brasileira. Fez sua estreia internacional em 2009 e virou atleta profissional.

Nem mesmo o fato de ser o único homem e o único representante no slopestyle o incomoda muito. "A pressão é um pouco maior quando você é o único a representar seu país. Mas não acho que isso atrapalhe na hora da competição".

Ele põe à prova tudo isso hoje de manhã. O slopestyle abre o evento e Marcos disputa hoje as eliminatórias para definir os finalistas da categoria, que acontece já amanhã. Pouco tempo, que preocupa Marcos. "A maior dificuldade em competições de slopestyle é o pouco tempo de treino e adaptação na pista", afirma. Boa sorte ao brasileiro!

PS: A intenção do Blog é trazer entrevistas com todos os atletas brasileiros que disputarão algum Mundial de inverno nesta temporada. Entretanto, com a rotina intensa de treinos, viagens e competições dos nossos representantes, não sei se conseguirei trazer este material especial a vocês. Em todo caso, não faltará disposição para continuar acompanhando a jornada do país rumo aos Jogos Olímpicos de Inverno!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.