Ouro no snowboard

Neste sábado o Brasil ganhou ouro no snowboard! Não, não foi no Mundial, onde estão os melhores atletas do mundo. Mas isso não diminui em nada a conquista da brasileira Allana Leite num torneio regional lá nos Estados Unidos.


Allana com a medalha de ouro (Reprodução/Facebook)
A jovem, 24 anos, venceu a primeira etapa de Slopestyle no torneio Aspen/Snowmass Series, um evento que conta com jovens atletas do país que almejam fazer parte do time olímpico norte-americano. Na disputa acontecem provas das mais variadas categorias do snowboard nos dois locais.

Esta não é a primeira medalha da brasileira na competição. Na primeira etapa do Rail Jam, na semana passada, Allana ja havia conquistado a prata, como o blog adiantou com exclusividade na segunda-feira (relembre aqui). 

Infelizmente o site norte-americano demora um pouco para atualizar os resultados dos eventos regionais e não temos a pontuação da atleta e nem o restante do pódio. Mas isso não tira o foco da questão: ela é mais um talento brasileiro que pode render bons frutos dentro da modalidade. 

"1st place at the Aspen Series - USASA slopestyle competition today! So pumped!! :))", postou a brasileira na sua página do Facebook. (algo do tipo "Primeiro lugar no Aspen Series - USASA competição de slopestyle hoje! Tão feliz", numa tradução rápida minha). 

O Blog dá os parabéns para a jovem brasileira e torce para que ela mantenha o bom desempenho nesta sua primeira temporada como profissional!

Brasil no Cross Country
Por conta da correria do Mundial de Snowboard e por falta de atualização da FIS, a brasileira Leila Mostaço competiu neste sábado em mais uma prova FIS no esqui Cross Country. Ela esteve presente na prova de 5 quilômetros estilo livre em Wirth Park, nos EUA.

Na classificação geral a brasileira terminou na 160ª posição, com o tempo de 18min28seg1, na última posição entre todas que conseguiram completar a prova. Ela ficou 6min25seg atrás da primeira colocada, a norte-americana Rosie Brennan. Na sua categoria, Leila terminou na 17ª posição. 

A atleta, que também iniciou neste ano sua vida profissional no cross country, o resultado não agradou tanto assim. "One more race done. Mixed feelings...good time, faster than those I had in Winnipeg, on "FLAT" courses...I might get a bit lower FIS points, but I know I could have done a little better. Ok...back to the lab... ;)"

(Algo do tipo: "Mais uma corrida feita. Mistura de sentimentos, bom tempo, mais rápida do que em Winnipeg... Eu posso conseguir um pouco de pontos FIS, mas eu sei que poderia ter ido bem melhor", numa tradução rápida minha). 

Exatamente isso, Leila. O importante é não desanimar e seguir em frente, pois você ainda tem muito o que evoluir não só nesta, mas nas próximas temporadas. A caminhada olímpica demanda tempo e paciência, realmente. 

Em tempo: Leila entrou em contato com o blog e explicou o porquê deste comentário no facebook. Confira o relato da atleta: "Oi Gustavo! O que eu quis dizer foi que devo conseguir pontos na casa dos 400 e alguma coisa (o que esta razoável pra mim no momento), porém se não fosse pela virose que tive na 5a qdo viajei, sinto que o meu tempo teria sido um pouco mais baixo. Mas td bem...6min atras das top 10 dos EUA não foi taaaaao ruim."

Atualizando!
Tobias Macedo no Winter Start (Reprodução/Facebook)
Outro resultado (e medalha!) que acabou escapando foi o desempenho de Tobias e Michel Macedo em provas nos EUA. Os irmãos disputaram duas provas de slalom válidas pelo Winter Start, mais um campeonato norte-americano voltado para os jovens esquiadores e que não entra no circuito internacional (por isso que acabei perdendo e peço desculpas aos brasileiros). 

As duas corridas aconteceram entre os dias 5 e 6 de janeiro, logo no início de 2013. Na primeira prova, Tobias, 16 anos, terminou na nona posição, com o tempo acumulado de 1min42seg03. Michel, 14, foi o 22º com 1min57seg28. O vencedor foi Michael Allen, com 1min29seg66 e 34 atletas conseguiram completar as duas descidas. 

Mas o melhor ainda estava por vir. Na segunda prova Tobias terminou na segunda posição e conquistou a medalha de prata! Ele fez 1min25seg42 e ficou atrás apenas de Trevor Maxwell. Seu irmão não conseguiu completar a primeira descida e não somou pontos. 

O Blog dá os parabéns aos jovens atletas e pede desculpas pela demora na divulgação dos resultados!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.