Medalha para a base!

Neste domingo o blog trouxe um post falando do passado, presente e futuro do esqui brasileiro. Bom, se ontem era o futuro, hoje tenho que falar de uma promessa bem mais para frente, mas que já rende frutos para os esportes de inverno do Brasil. 

Nathan Alborghetti no Troféu Ronconi (Reprodução/Facebook)

O jovem esquiador Nathan Alborghetti, 13 anos, conquistou uma medalha de bronze para o país no Troféu Ronconi, tradicional evento da Itália na modalidade infanto-juvenil. Ele terminou em terceiro na disputa do slalom gigante neste último domingo. 

O tempo dele foi 1min05seg37, apenas 1seg45 do vencedor da prova, o italiano Francesco Piras. Stefano Faccia foi o segundo colocado. Ao todo, 24 competidores completaram a prova. Nathan ainda compete na categoria 2, para atletas nascidos entre 1999 e 2000. 

A medalha dava sinais de que era viável desde o sábado, quando Nathan competiu no Troféu Duomo Immobiliare, no seu próprio clube. Ele fez o melhor tempo na primeira descida do slalom, mas não conseguiu completar a segunda descida e ficou fora do pódio. 


Esmeralda Alborghetti (Reprodução/Facebook)
Sua irmã, Esmeralda Alborghetti, também competiu nos dois eventos, mas faltou sorte à jovem brasileira. No sábado, ela fez o terceiro melhor tempo na primeira descida no slalom, mas foi desclassificada na segunda descida. 

Já no domingo, Esmeralda tinha o quinto tempo na primeira descida, mas não conseguiu completar a segunda e também ficou fora da prova. Certamente ela brigaria pela medalha nos dois eventos. A brasileira tem 14 anos e compete na categoria 1, para atletas nascidos entre 1997 e 1998. 

O resultado mostra como a CBDN também consegue manter um investimento bom para os jovens atletas. Além do esqui alpino, a confederação conta com jovens atletas no snowboard, esqui livre e até mesmo no esqui cross country e biatlo. Que continue assim, pois afinal de contas são eles que manterão as modalidades vivas neste país tropical abençoado por Deus!

Parabéns ao Nathan Alborghetti pela conquista!

Atualizando: Saiu agora pouco o resultado da prova de Slalom Gigante numa prova júnior em Folgaria Fondo Grande. O jovem Fábio Guglielmini esteve representando o Brasil, mas, infelizmente, não conseguiu um bom resultado. 

Assim como neste domingo, ele não conseguiu completar a segunda descida da prova e não somou pontos na classificação final. O vencedor foi o italiano Enrico Bonapace, que teve o tempo acumulado de 2min05seg63. 

Fábio é um dos integrantes da equipe brasileira de esqui alpino que representará o país no Mundial da modalidade, no mês que vem. Ele está ao lado de Jhonatan Longhi, Maya Harrison e Chiara Marano. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.