Entrando no ritmo

Leandro Ribela mostrou na manhã deste sábado que realmente está entrando na sua melhor forma física no momento mais importante da temporada. O brasileiro competiu hoje na prova de Sprint 2,5 quilômetros estilo livre em Rohrhardsberg, na Alemanha, numa prova FIS de Esqui Cross Country. 

Leandro em Davos, Áustria (Reprodução/Facebook)
Ele terminou na 61ª posição, na frente de outros dez competidores. Conseguiu o tempo de 6min23seg2 e uma pontuação de 198.5 (lembrando sempre que no esqui quanto menos pontos o atleta tiver, melhor). O vencedor foi o alemão Florian Notz, com 5min20seg0. 

Se eu não estiver enganado (preciso confirmar com o Leandro depois) é a primeira vez que ele fica abaixo dos 200 pontos em provas de Sprint no Cross Country, o que garante o índice para o Mundial da modalidade mais uma vez - o evento acontecerá em fevereiro. 

Isso só mostra a evolução do atleta dentro da modalidade. Vale lembrar que ele passou a se dedicar mais ao Cross Country neste ciclo olímpico e tem como meta justamente conseguir pelo menos o índice B olímpico no Sprint. O resultado também comprova a ótima preparação feita por Leandro e a equipe da CBDN. Antes da prova, ele fez um período de treinamento na Áustria. 

Mas ainda não acabou a passagem de Leandro por Rohrhardsberg. Ele ainda competirá neste domingo na prova de Perseguição 15 quilômetros estilo clássico. Boa sorte ao brasileiro!

Esqui Alpino
No meio de tantas provas, passou batido por aqui o desempenho da jovem Chiara Marano na prova citizen em Kranjska Gora, na Eslovênia. Ela também segue em preparação para o Mundial de esqui alpino, que acontecerá no início de fevereiro. Além de Chiara, o time brasileiro conta com Maya Harrison, Jhonatan Longhi e Fábio Guglielmini. 

Chiara competiu em duas provas de slalom gigante e uma prova de slalom, mas apenas nesta última ela teve algum sucesso. Nos dias 9 e 10 de janeiro a brasileira competiu nas provas de slalom gigante, mas não conseguiu completar as primeiras descidas de ambas as disputas e não somou pontos. A polonesa Maryna Gasienica venceu as duas provas. 

Mas na última sexta-feira, a jovem terminou na 43ª posição do slalom, com o tempo acumulado de 2min02seg57 e 152.30 pontos FIS. Ela foi a última a completar a prova, mas ficou na frente de 23 competidoras que não conseguiram completar uma das descidas. A eslovena Nina Znidar venceu com 1min41seg89. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.