Seletiva de Bobsled em São Caetano

Equipe brasileira de bobsled em Turim/2006 (Reprodução/CPDG)

Isso mesmo que você leu no título do post. Se você pretende se tornar um atleta olímpico no Brasil, a chance é agora. A cidade do ABC Paulista realizará uma seletiva de bobsled e skeleton para reconstruir as modalidades no país após todo o imbróglio envolvendo a CBDG. 

E é aí que mora outra novidade: não é a confederação brasileira que está organizando o evento. A ação partiu do recém-criado Clube Paulista de Desportos no Gelo (CPDG), criado em 2011 pelo atleta de bobsled Edson Luques Bindilatti. Tem até site oficial que conta a história do clube e seus objetivos. 
Reprodução/CPDG

A fundação é uma forma de ajudar no desenvolvimento das modalidades de gelo no Brasil sem ter que depender apenas da confederação nacional. Vale lembrar que foi o próprio Edson que liderou o grupo de atletas e ex-atletas na elaboração do relatório que pedia o afastamento de Eric Maleson da presidência da CBDG. 

Mas deixemos as questões administrativas para um outro post. O que interessa aqui é manter o sonho olímpico vivo das modalidades de gelo do Brasil. A seletiva de bobsled e skeleton acontecerá no dia 13 de janeiro, a partir das 9h, no Centro de Treinamento do Clube de Atletismo da BM&F. 

A meta é uma só: buscar atletas com perfil para compor a equipe brasileira de bobsled (seja no quarteto e nas duplas, com os reservas, no masculino e a dupla feminina) e buscar atletas que possam competir no skeleton. 

Toda a ação será supervisionada pela CBDG através do seu interventor, Emílio Strapasson. Os interessados deverão ter mais de 18 anos e devem levar roupa esportiva (short, camiseta, sapatilha de atletismo e ou tênis). 

Mas aqui já vai uma dica: apesar de ser aberto a todos os interessados, não custa lembrar que o bobsled exige uma explosão muscular grande dos seus praticantes. Por isso que pessoas oriundas do atletismo possuem maiores chances. Se você não tiver um preparo físico adequado, vai até o local apenas para assistir e acompanhar. Afinal de contas, serão feitos testes de velocidade com um trenó de rodinha e testes de força bem cansativos.

A busca do Clube Paulista e do seu presidente Edson Bindilatti é tentar a vaga já nos Jogos Olímpicos de Sochi, em 2014. Quem passar nos testes terá pouco tempo de aclimatação, pois o planejamento é competir numa etapa da Copa América em fevereiro ou março de 2013 e depois a partir de novembro do mesmo ano. 

No bobsled e skeleton, a classificação olímpica é pelo ranking, mas é exigido dos times cinco participações em corridas internacionais, em três pistas diferentes e por duas temporadas. Resumindo: quem passar no teste em janeiro já vai para a competição em março. Boa sorte aos interessados e sucesso ao Clube Paulista pela empreitada.  

Seletiva brasileira de Bobsled e Skeleton
Quando: 13/01/2013
Horário: 9 horas
Onde: Centro de Treinamento do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA
Endereço: Estrada das Lágrimas, 90, Bairro São José, São Caetano do Sul, São Paulo

Informações: www.cpdg.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.