Promessa brasileira!

Todos falaram da Isabel Clark neste fim de semana. Principal atleta de inverno do Brasil, ela estreou na Copa do Mundo de snowboard. Mas este meu post irá remar contra a maré. Não pretendo falar muito da atleta carioca, que detém a melhor marca do país em Jogos Olímpicos de Inverno. Quero sim é tratar de uma grata surpresa do Brasil neste último fim de semana. 

Tobias Macedo (Reprodução/Facebook CBDN)
O jovem esquiador Tobias Macedo foi o primeiro brasileiro a competir no esqui alpino nesta temporada 2012/2013 do hemisfério norte. Ele participou de quatro corridas da FIS na categoria Slalom em Alyeska, no Alaska (EUA). E por muito pouco o jovem de 16 anos não atingiu o índice B para o Mundial de esqui alpino. 

Foi simplesmente as melhores marcas da jovem promessa brasileira para o esqui alpino. Logo na primeira descida, no dia 6, ele já terminou na 16ª posição, com 138.10 pontos da FIS (sempre bom ressaltar que no ranking da FIS quanto menos pontos o atleta tiver, melhor). 

Na segunda prova, dia 7, ele não completou a segunda corrida do Slalom, mas o melhor estava por vir nas últimas duas provas. No dia 8 ele terminou em 23º, com o tempo de 1min43seg34 e 134.13 pontos da FIS. Já na última prova ele foi o 24º, mas com pontuação em 134.11 pontos no ranking. 

O índice B para o Mundial de esqui alpino, que acontecerá em fevereiro, é abaixo de 130 pontos e o atleta precisa confirmar duas vezes a marca. Por muito pouco que Tobias não consegue estas duas marcas na mesma disputa! Em todo caso, o resultado dá um gás a mais para o jovem e toda a CBDN, que pode ver sua promessa surpreender mais uma vez. 

Início do snowboard
O fim de semana foi de estreia também no snowboard. A experiente Isabel Clark esteve presente na disputa da primeira prova de snowboardcross na Copa do Mundo da modalidade. As provas aconteceram em Montafon, na Áustria. 

Isabel Clark (Reprodução/Facebook)
Isabel competiu no dia 7, nas provas individuais (no dia seguinte aconteceram as provas em equipe). A brasileira terminou na 15ª colocação, com 160 pontos. A vencedora foi a canadense Dominique Maltais, medalhista olímpica em 2006. 

Faltou um pouco de sorte para a brasileira, que avançou às finais com o décimo tempo. Entretanto, ela caiu numa bateria muito forte, incluindo a própria vencedora da prova, e terminou na última posição, com o 15º tempo no geral. 

Em todo caso, o fim de semana foi positivo também para Isabel fora da neve. Ela foi premiada com uma bolsa do Solidariedade Olímpica, programa do Comitê Olímpico Internacional que visa desenvolver algumas modalidades sem tradição em determinados países. Com isso, ela pode dedicar-se exclusivamente no snowboard no ano pré-olímpico. Uma ajuda super bem-vinda!

Competição no cross country
O Brasil também esteve presente numa etapa da Copa Norte-americana de Cross Country neste fim de semana. A representante foi a esquiadora Leila Mostaço, que competiu na etapa que aconteceu no centro de esqui de Sovereign Lake Nordic, no Canadá. 

Leila Mostaço (Reprodução/Facebook)
A brasileira foi a única estrangeira na prova dos 10 quilômetros de velocidade e terminou na 21ª posição, com o tempo de 53min15seg7, mais de quinze minutos atrás da penúltima colocada. A vencedora foi Emily Nishikawa, com o tempo de 31min04seg8. A brasileira começou a competir recentemente no Cross Country. 

Neste fim de semana o Brasil irá competir novamente no Cross Country, no Biatlo e também na Patinação Artística no gelo. Boa sorte aos brasileiros!

Resumão
Até quarta-feira pretendo trazer o resumão de resultados das Copas do Mundo e Grand Prix que agitaram os esportes de inverno no último fim de semana. Também está na gaveta uma matéria exclusiva com a esquiadora Jaqueline Mourão, o patinador Luiz Manella, a situação da CBDG e a equipe paralímpica de neve. Aguardem! 


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.