Chave de ouro

Num fim de semana histórico para o Brasil, com a conquista da medalha de bronze da patinadora Isadora Marie Williams, nada melhor do que fechar o fim de semana dos esportes de inverno com bons desempenhos em duas modalidades.

Foi isso que aconteceu com o país no Esqui Alpino e também no Biatlo neste domingo. Jhonatan Longhi e Fábio Guglielmini competiram numa corrida FIS na Itália e não fizeram feio. Já Jaqueline Mourão novamente ficou abaixo do índice para o Mundial da modalidade.

Fábio, em pé, e Jhonatan (Reprodução/Facebook CBDN)
Vamos falar primeiro dos jovens esquiadores. Eles iniciaram hoje a disputa em Speikboden - Sand in Taufers, na Itália. O programa abrange duas corridas de slalom gigante e mais duas de slalom para ambos os gêneros até o dia 19 - e os brasileiros estarão presentes.

Aliás, eles não decepcionaram neste domingo. Jhonatan Longhi terminou na 26ª posição da primeira prova de slalom gigante (ao todo 55 competidores que completaram as duas corridas). Ele teve o tempo acumulado de 2min26seg65, com uma pontuação FIS de 78.84 (repito mais uma vez que no esqui alpino quanto menos pontos tiver, melhor).

Já Fábio Guglielmini terminou na 30ª posição com 2min27seg86 e 86.65 pontos. Vale destacar que os dois brasileiros fizeram pontos abaixo de 100, o que é muito bom para o ranking e a classificação no mundial e nos Jogos Olímpicos. O vencedor foi o suíço Daniel Yule, com tempo acumulado de 2min17seg87.

Para encerrar o fim de semana, coube novamente à Jaqueline Mourão conseguir um bom resultado e novamente atingir o índice para o Mundial de Biatlo no próximo ano. A atleta participou da prova de 10 quilômetros perseguição na terceira etapa da Copa IBU, em Ridenaun - Val Ridanna, na Itália. 

Ela terminou na 46ª posição, com o tempo de 42min10seg4 e três erros no circuito de tiro. O importante é que o tempo de Jaqueline ficou 18,22% acima da média das três primeiras colocadas, abaixo do índice (limite de 20%). A vencedora foi a norueguesa Marte Olsbu, que fez o circuito em 35min29seg4, apesar de ter errado cinco tiros no total!

Esse desempenho encerra a participação de Jaqueline neste ano. Terça-feira ela retorna para o Canadá, onde mora com o marido Guido Visser, e fará mais um período de treinamentos. As competições do biatlo retornam no próximo ano. 

Já o Brasil nesta semana estará bem representado com Fábio Guglielmini e Jhonatan Longhi no esqui alpino, na sequência da corrida FIS em Speikboden - Sand in Taufers. A equipe de cross country também estará na disputa na Áustria. Boa sorte aos brasileiros!

PS: Ainda na segunda-feira prometo trazer o resumão do fim de semana nas etapas das Copas do Mundo que aconteceram no hemisfério norte. Tem também uma matéria super legal com o patinador Luiz Manella, que devo publicar ainda nesta semana!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.